Grande entrevista de Daniela Simões "Chorei muito quando li algumas coisas"

Grande entrevista de Daniela Simões ao Blog Azul
Daniela Simões, terceira classificada do 'Secret Story 2' da TVI, respondeu às perguntas feitas pelos visitantes deste Blog.  A psicóloga que lidera a sondagem do concorrente preferido da 'Casa dos Segredos 2', faz um balanço positivo da sua participação, e esclarece que não existe nenhum guião pré-definido para cada personagem. Daniela Simões, que neste momento, está a dar formação profissional em várias áreas, tem no restaurante/ bar Mezza uma segunda casa, mas o seu projecto de sonho é a organização de casamentos. Em relação aos comentários dos "haters" confessa: "Chorei muito quando li algumas coisas. Dormi mal algumas noites, por não perceber como era possível algumas pessoas (algumas tão jovens) me odiarem sem me conhecerem..."



 Grande Entrevista de Daniela Simões ao Blog Azul
Para responder ao máximo de perguntas, Daniela agrupou-as por temas.

- Que balanço fazes da participação na C.S.? Que benefícios te trouxe a participação no programa?
- Mostrar a vida em directo na tv, trouxe-te mais benefícios ou foste prejudicada já que a tua vida foi exposta? Arrependes-te de ter participado no Secret Story?
- Um ano pouco depois de teres saído do programa, o que ficou e o que mudou na tua vida? Achas que participar em programas com este formato pode ser benéfico na vida dos concorrentes? Uma vez que "hoje" têm um mundo e amanhã muitos nem sequer são lembrados. sabendo o que sabes hoje voltavas a entrar neste programa?
Daniela Simões: O balanço que faço da minha participação na casa dos segredos é positivo, dadas as expectativas que tinha. Nunca esperei ficar milionária, nem tornar-me numa estrela da televisão, ou viver da fama que o programa me poderia trazer.
Por outro lado, estava disposta a perder a privacidade, a sujeitar-me ao juízo público e às regras (nem sempre claras) de um jogo, que é também um negócio.
Assim, encarei o programa como um trabalho diferente e mais rentável do que a maioria, mas também com muitos riscos a nível pessoal e profissional. Como tal, faço um balanço positivo: consegui o dinheiro que tanto precisava, em tempo recorde e ainda vivi uma experiência única, dura, mas muito compensadora a nível pessoal.
 Na verdade, hoje reconheço que só pelas histórias que tenho para contar, pelas demonstrações de afecto de tanta gente, pelos sítios que conheci, pelos amigos que fiz e por tudo o que aprendi ao longo deste ano, tinha valido a pena. Mas não volto a meter-me noutra…:P


- Que fazes profissionalmente hoje? Como é a tua vida hoje? Voltas-te à tua vida normal? Continuas a ter participações como ex concorrente? És tu que geres a tua agenda ou ainda tens quem o faça?
Daniela Simões: Hoje em dia, voltei a dar formação profissional, na área da Psicologia (comunicação, conflito, atendimento ao cliente, etc…), Formação Pedagógica de Formadores e também aulas de Espanhol. Durante a semana, é o que faço.
Nos tempos livres e ao fim-de- semana, tenho o Mezza – Café Bristo & Lounge (http://www.facebook.com/Mezzatorresvedras), que é um restaurante/ bar, no centro de Torres Vedras, que já era de um amigo e no qual agora também ajudo como RP, barmaid e tudo o que seja preciso. É a minha segunda casa.
Depois, o meu projecto de sonho, a organização de casamentos, também já está a andar, devagarinho, mas quando surge um…ando umas semanas em alvoroço!
E recentemente… decidi voltar a fazer algumas presenças, como no fim-de-semana passado.
O resto do tempo é passado com a Mariana, com os amigos, com o namorado…vidinha normal.


- Como te sentes ao saber que foste a concorrente que chegou ao fim com mais dinheiro e que acertou em mais segredos nas 3 edições. Orgulhosa? ou injustiçada por não teres ganho?
Daniela Simões: Tento sentir-me orgulhosa pelo meu desempenho, porque o meu maior medo era desiludir as pessoas importantes para mim, família, amigos, alunos…acabei por fazer um bom jogo, mas não consigo evitar pensar que poderia ter feito melhor…o suficiente para ganhar os 50 000 €.
Injustiçada, não… não posso, nem quero sequer pensar que possa haver manipulação dos votos…como tal, os vencedores são eleitos pelo público e este sim, é soberano. 

- Porque não foste para o Desafio Final? 
- Olá Daniela, o que te levou a não aceitar o Desafio Final? Tambem és daqueles concorrentes que se querem desvincular do rótulo CS?
Daniela Simões: Essa questão é mais fácil de responder ao contrário: “ Porque irias para o Desafio Final?” Simplesmente… porque não tinha razões para ir.
 Por um lado, não podia: tinha dois cursos a decorrer em simultâneo, a parceria no Mezza, a minha filha na 1ºa classe e a vida finalmente a normalizar.
Por outro lado, a proposta da Endemol não foi minimamente apelativa – umas dezenas de euros e promessas de oportunidades futuras (aquelas que não surgiram durante o ano anterior…).
E por fim, porque assim que recebi os questionários de concorrente, percebi que as minhas suspeitas estavam certas e que o programa teria um formato com o qual não me identificava. Devolvi em branco, recusei e não me arrependo.
Tenho pena que alguns apoiantes tenham ficado tristes comigo, mas espero que compreendam as razões. 

- Várias questões foram colocadas sobre concorrentes da 'Casa dos Segredos 3' e sobre as preferências de Daniela Simões.
- Isto é um jogo viciado e ganha quem eles querem? É verdade que a produção tem influencia no jogo,e condiciona o jogo com as preferências deles e atribuindo aos concorrentes uma espécie de guião? 
- Daniela, a "Produção" levam os concorrentes aos limites…a troco de audiências exploraram os concorrentes e a sua imagem da pior forma! O que pensas relativamente a isto? Achas-te justo que a TVI (produção do programa - Casa dos Segredos) ter-te retirado mais que metade do dinheiro que tinhas quando o programa se aproximava do final? 
- Olá Daniela, concordas que todos os concorrentes não tenham as mesmas oportunidades, no número de missões que lhe são atribuídas?
Daniela Simões: Relativamente a todas as perguntas sobre ex-concorrentes da casa 3, lamento, mas não posso responder, porque não conheço ninguém e vi pouco essa edição, comparativamente com a primeira, da qual era fã.
Em relação aos critérios e regras do programa, a única coisa que posso dizer é que tal como eu, todos os concorrentes sabiam que a principal regra da casa é a total e inquestionável soberania da Voz (produtores/Endemol), que tem o poder de alterar o regulamento a qualquer altura e como tal se demonstraram dispostos a aceitar essa regra…ou não regra. Assim, não me parece coerente falarem depois em dualidade de critérios, injustiças e afins. Enquanto concorrente, tentei colaborar com a produção de todas as formas possíveis e imaginárias ( algo nem sempre visível cá para fora como me vim a aperceber), como “recompensa” recebi uma imunidade, mas também me tiraram mais de metade do dinheiro que fui ganhando…podia ter ficado revoltada? Talvez. Mas a verdade é que só tenho a agradecer a oportunidade que me deram e a forma como me trataram até ao fim, porque se eles quisessem, nem uma semana lá tinha ficado.
Aproveito também para esclarecer que não existe nenhum guião pré-definido para cada personagem, com chegaram a supor. Cada concorrente tem características muito próprias, tem uma personalidade e reage às situações de forma espontânea, no entanto, é fácil de entender que a produção vai conhecendo e testando cada um, explorando certas características mais “interessantes” ou divertidas e proporcionando missões de forma a tornar o programa mais apelativo.

- Daniela, dos teus colegas és amiga de alguem? espero que do João J ainda sejas.Que grandes amizades retiraste desta experiência na CS2?!
Daniela Simões: Dos meus ex-colegas, há vários com quem mantenho contacto frequente, há alguns que gostaria de ver mais vezes e há outros que nunca mais ouvi falar sequer. Para não esquecer ninguém, digo apenas que o João Jesus e o Marco Costa já são família.

- Bernardo: Olá Daniela. Como te sentes sabendo que és a mais popular da segunda edição do blog azul? saudades.
- O que achas de passado mais de um ano seres a concorrente mais popular do SS2 mesmo não aparecendo em revistas nem na tv e mantendo sempre um low profile
Daniela Simões: Fico muito contente e surpreendida com o resultado da sondagem do blog.
Não esperava mesmo, até porque não tenho aparecido…é muito bom saber que há pessoas que me apoiam passado este tempo todo. E até é irónico, porque eu sempre disse que em ¾ meses ninguém sabia quem nós eramos…afinal, não tinha razão.
Só me resta agradecer ao Blog e a todos os que votam. <3

- DANIELA JÁ CONHECES-TE A VOZ???
Daniela Simões: Não conheço a voz, tenho as minhas suspeitas, como todos…mas não o conheço. Já pensei que adorava conhecer, mas hoje em dia penso  que é melhor assim…o mistério deve continuar.

- Que sentes em relação às pessoas que não compreendem o jogo,já que os concorrentes estão sozinhos,existem traições ou é jogo?
Daniela Simões: Em relação, às pessoas ( público e concorrentes) que confundem o jogo com os relacionamentos…a única coisa que posso dizer é que entendo a dúvida. Não é uma questão fácil, é um jogo que se mistura com as relações…é um jogo que se baseia nas relações e na personalidade dos jogadores…não é fácil tomar decisões racionais naquele ambiente, mas é muito interessante ver os valores e a educação de cada um perante o desafio. Acho que é possível jogar limpo e foi o que tentei fazer, mas é impossível agradar a gregos e troianos.

- Em relação a outro concorrente quase toda a gente critica a postura do joão mota depois de vencer,o mesmo se passa contigo ou achas que ele esta a ter a postura correta? Queres-te livrar do rotulo de ex-cs?
Daniela Simões: Acho que a humildade e a gratidão são duas qualidades excepcionais. Sempre achei que seria um tiro no pé tentar negar o óbvio, assumo-me como ex-concorrente do CS, afinal é daí que me conhecem, mas isso não me define enquanto pessoa e muito menos enquanto profissional.

- Achas justo vocês ganharem 1000 euros para fazer uma presença quando muitas pessoas precisam de 2 meses de árduo trabalho para chegar a esse valor (os que chegam)?
Daniela Simões: Essa é uma pergunta muito interessante e que já foi assunto de longas conversas…  A resposta é SIM, acho justo e para todas as partes envolvidas.
Partindo do princípio que os ex-concorrentes da CS são um PRODUTO de imagem cuja durabilidade é extremamente curta, são sobrevalorizados durante os primeiros meses e depois desaparecem do MERCADO, eu pergunto: Justo para quem??
Para quem paga esses valores? A responsabilidade dos preços é exactamente dos empresários nocturnos, os donos das discotecas, que optam por investir neste tipo de animação, porque na grande maioria das vezes compensa muito mais do que outro tipo de produtos (Djs, karaoke, bailarinas). É um investimento seguro, porque as pessoas têm curiosidade em conhecer-nos e as casas enchem e facturam. Por isso, não só é justo, como compensa para quem paga.
Para quem recebe? Todos os concorrentes foram escolhidos de entre milhares e milhares de pessoas e arriscaram tudo pelo programa, viraram-lhes a vida do avesso, foram alvo de calúnias, deixaram de ter privacidade, etc… Tiveram a coragem que muitos dos que criticam nunca terão.
Falando por mim, que trabalho há tantos anos, admito que nunca fui tão bem paga por um trabalho tão divertido, chega a ser constrangedor, de facto…mas vou recusar? Não me parece! Resta-me assumir o mérito de valorizarem a minha presença, fazer o melhor trabalho possível, tratando a minha imagem, sendo pontual, disponível e simpática… e torcer para que a noite corra bem para todos. Para mim, é justo.
Para o público em geral? Muitas vezes é a oportunidade que têm de falar um bocadinho com quem seguiram diariamente durante meses. Fica uma foto e um autógrafo, muitas vezes uma conversa, um brinde, uma dança…uma recordação de uma noite divertida e diferente, normalmente ao mesmo preço das outras noites. Parece-me justo.
Enfim…mas entendo a questão…é a mesma que coloco relativamente ao salário de alguns jogadores de futebol… lol

- Ainda és abordada na rua?
Daniela Simões: Em Torres Vedras, não…a não ser no Carnaval, onde há muitos turistas. Nas outras cidades, um pouco. As pessoas olham e comentam, mas já não me abordam como há um ano.

- Daniela o que pensas das pessoas que para fazer perguntas usam palavras que ofendem ex concorrentes (ordinária,broncos e afins),estas pessoas são mal amadas ou manifestam algum tipo de
distúrbio,ou são puramente maldosas ?
- Como encaras os fãs uns até muito simpáticos,outros muito agressivos e sem valores morais ? Tu como psicóloga qual a tua opinião sobre os «maluquinhos» que seguem a casa como se fosse uma guerra?
- Olá daniela, gostava de saber qual é a tua opinião sobre este programar ter tanta audiencia e ao mesmo tempo ser tão criticado, das pessoas falarem mal dos que participam mas saberem quem eles são.
Daniela Simões: No inicio, fui aconselhada a não ler, a não visitar alguns sites (como este, lol) onde as pessoas se escondem no anonimato para poderem atacar cobardemente quem não conhecem…quiseram proteger-me porque não estava preparada e estava ainda frágil por causa dos “meses de cativeiro”. Chorei muito quando li algumas coisas. Dormi mal algumas noites, por não perceber como era possível algumas pessoas (algumas tão jovens) me odiarem sem me conhecerem, ofenderem-me, mentirem e atacarem-me relativamente à minha família…tinha resposta para todas, até para quem nem um palavrão sabe escrever correctamente.
Mas depois pensei…responder, defender-me, para quê?? Tiveram quatro meses para conhecer um pouco de mim…quem não me entendeu, não mudará a opinião e não me interessa. Não respondo, estou demasiado ocupada a cuidar dos que gostam de mim para me preocupar com haters.
Perdoo-os a todos.
Às críticas construtivas, perguntas provocatórias, mas inteligentes, adoro responder. Fortaleceram-me a auto-confiança…e respeito muito quem tem uma opinião diferente da minha e sabe discutir com respeito.

- O que pensas relativamente aos concorrentes RS, mal entram na casa tentou logo arranjar uma namorada...Expõe-se logo mal se conhecem………e fazem sexo?
Daniela Simões: As acções ficam com quem as pratica.

- Se te convidassem para um trabalho em televisão aceitarias?
Daniela Simões: Sim, dependendo do tipo de trabalho, claro.

- Não sou psicóloga por isso não sei se estou certa mas, neste formato da CS, dá-me a ideia que a privação do sono é usada para provocar nos concorrentes um estado emocional de alta susceptibilidade e pouco discernimento/lucidez. Concordas? Se sim, de que forma sentiste isso na pele?
Daniela Simões: Senti na pele a falta de sono, a fome, a falta de pessoas, da informação, da tecnologia, da televisão, da privacidade, da liberdade, da previsibilidade do quotidiano, de andar de carro, do poder de decidir pequenas coisas como quando tomar um duche…é difícil manter o equilíbrio emocional, quando o mundo tal e qual o conhecemos deixa de existir.

- Voltarias a entrar num reality show [mesmo que com um formato diferente]?
Daniela Simões: Nunca digo nunca. 

- Daniela que tipo de perguntas fazem nos castings?como ja estiveste la sao muito rigorosos? 
Daniela Simões: As perguntas são muito exaustivas e estão disponíveis na internet.

- Tânia: Pergunta: Acha que a apresentadora do Secret Story teve em algum momento alguma influência no jogo?
Daniela Simões: Sim, a apresentadora é o único elo de ligação com o mundo exterior.
O tempo de confessionário é precioso, não só para dar visibilidade aos concorrentes, mas também porque é a única oportunidade de conseguir algum feedback da nossa prestação ou alguma pista útil relativamente ao jogo ou aos relacionamentos. Qualquer informação (mesmo que seja apenas uma mudança de tom de voz, uma piada, um riso) que se possa obter daquelas conversas é uma ajuda preciosa …e isso depende da apresentadora. 

- Daniela, eu sei que depois de acabar a Casa dos Segredos todos têm que ter a sua privacidade, depois de tanta exposição é mais que justo a privacidade. Mas não achas que podias dar mais notícias tuas aos teus fãs? Olha que eu sou uma das tuas grandes fãs, e como tal senti ao longo deste tempo todo falta de notícias tuas.
- Daniela sempre gostei mt dela.e uma mulher com os pes bem acentes na terra.neste momento precisava mt de alguns conselhos dela como psicologa.como podemos conversar com ela?
Daniela Simões: Eu vou dando notícias através do meu facebook (http://www.facebook.com/daniela.m.simoes), que convido todos a seguir, a comentar e colocarem as vossas questões. Só não posso aceitar mais amizades, mas os seguidores têm exatamente os mesmos direitos que os amigos.

- Olá Daniela ! quando saiste da casa disseste que estavas a escrever um livro sobre o ss ... Como esta essa questão do livro ? desististe mesmo de escrever ?
- Ainda vais escrever o livro que tinhas dito,ou já não?
- Sempre estás a escrever um livro sobre o comportamento humano num reality show? Já o terminaste? Há editoras interessadas? Para quando o lançamento?
- Sei que estás a trabalhar, através de um método científico, na elaboração do que futuramente será um livro teu, a tua visão e análise comportamental do SS2. Já tens alguma previsão da data de lançamento?
Daniela Simões: Já não vou acabar de escrever o livro, da forma que o tinha originalmente pensado, porque embora houvesse interesse por parte de uma editora, tinha o contrato com a Endemol e acabei por desistir da ideia. Neste momento, não sei se ainda faria sentido ou se existirá ainda interesse…talvez um dia, num formato diferente.

- Olá Daniela, Não achas que seria mais justos os moldes das votações, serem sempre para salvar? E não para expulsar?
Daniela Simões: A verdade é que as pessoas votam mais por impulso...é a forma de exteriorizarem aqueles ódios de estimação que vão criando. lol
Era de facto mais positivo, mas provavelmente muito menos rentável.


Comentários